Em meio a uma pandemia, se exercitar ficou cada vez mais difícil, e esse jogo promete fazer você se mexer e queimar bastantes calorias. Porém, será que ele consegue ser um ótimo personal trainer? Ou será que ele se queima no caminho?


Ficha Técnica

Título: Fitness Boxing 2: Rhythm & Exercise

Plataforma: Nintendo Switch

Data de Lançamento: 04/12/2020

Tamanho: 2.8 GB

Desenvolvedora/Publicadora: Nintendo

Jogadores: 1-2

Save na nuvem: Sim

Em português: Não

Gênero: Música, Esporte, Treinamento

Preço no Lançamento (BR): R$ 249,00

Preço no Lançamento (US): US$ 49,99


1, 2, Jab, Direto……..

Antes de começar essa análise, eu gostaria de salientar que nunca joguei o primeiro Fitness Boxing, por isso não tenho o conhecimento para estabelecer paralelos ou comparações entre as versões. Por isso, avaliarei o segundo jogo por si só.

Dito isso, Fitness Boxing 2 é um jogo que promete te fazer suar e queimar calorias fazendo movimentos de boxe. Imagine-o como se ele fosse uma aula daquelas academias mais chiques, mas com um professor virtual.

E logo no início do jogo ele já demonstra suas intenções fitness, deixando o usuário definir seus dados particulares de peso, altura, idade e objetivo de peso. De posse de todos os dados, ele fará o cálculo de IMC e dará uma estimativa da quantidade de calorias queimadas em cada sessão. Após essas definições iniciais, o jogador passará para uma aula experimental em que será apresentada cada função do jogo.

E todo bom exercício começa com um alongamento, não é? E há um programa dedicado a isso. Os alongamentos são realizados em diversos momentos do jogo, mas se o jogador não quiser fazê-los, é possível desativá-los.

Alongamentos são importantíssimos.

Após, o jogo passa para o treinamento propriamente dito, e a mecânica dele é bem simples: acertar os golpes que vão sendo requeridos quando seus ícones (cada movimento tem uma cor e um símbolo próprios) tocarem exatamente o quadrado delimitado na tela. Quando você desfere um soco dentro dessa área, esse soco é qualificado, podendo ser “perfeito” ou “ok”.

Quanto mais movimentos você conseguir executar corretamente (não precisa ser de forma consecutiva e não há punição ou perda em caso de você errar um golpe), maior será a sua pontuação. Além disso, um indicador especial (borda colorida ao redor do quadrado – vide imagem abaixo) vai incrementando até o momento em que ela se enche e cada soco dobrará a pontuação recebida.

Na imagem, vemos um soco executado perfeitamente e a seguir um direto seguido de um jab. Neste caso, o indicador de especial está cheio indicando que cada golpe valerá o dobro.

O instrutor sempre segue a rotina de apresentar os golpes de forma isolada (um ou dois movimento por vez) e vai aumentando a quantidade deles até que, juntos, eles formem uma sequência (combo). Após uma sessão de combos, troca-se a base (posição de combate do boxe) e o processo é repetido, ou seja, se você estava posicionado com o pé esquerdo à frente do direito, fará a mesma sequência de exercícios, porém com o pé direito à frente.

Essa área amarelada representa os combos do jogo.

E o vencedor é……..

Como um jogo de exercício você deve estar pensando: mas isso é divertido? Bem, a resposta é um pouco mais complicada do que “sim” ou “não””. Fitness Boxing 2 não é um jogo da forma como estamos acostumados. Ele é um programa de exercício com “gamificação”. Então, tendo isso em mente, podemos considerar ele bastante competente no que se propõe.

Ele usa ferramentas muito presentes em jogos para incentivar os jogadores a realizarem os exercícios diariamente, premiando a todo tempo o nosso esforço e nos fazendo querer voltar.

Por exemplo: completou algum treino em determinado dia? Dê um soco e “carimbe” no calendário o seu trunfo. Tudo é pensado para que o jogador se sinta feliz e satisfeito por ter superado um desafio. E se pararmos para pensar, esse tipo de incentivo é essencial para que a pessoa tenha vontade de sair do sedentarismo.

Carimbo do dia 09/12/2020. Sensação de dever cumprido.

E tem mais: ao final de cada etapa do treino é exibida sua pontuação e a sua classificação (sistema de uma, duas ou três estrelas) e, quando você finaliza a sessão completamente, é exibida a sua nota total e outras informações (calorias queimadas, quantidade de socos corretos em cada base).

Resumo de uma sessão completa de treinos.

Além disso, o jogo tem um sistema de conquistas que te premia para cada feito que você alcança, indo dos “troféus” mais básicos (que servem como uma espécie de tutorial) até os mais avançados (como, por exemplo, os baseados em quantidade de socos desferidos). Isso acaba ampliando a sensação de recompensa por seu esforço (no sentido físico da palavra), além de te dar tickets que você poderá utilizar para comprar roupas e acessórios para seu instrutor (meramente estético, mas é interessante).

Sistema de Conquistas.

Ainda, um outro aspecto que contribui para essa sensação é o desbloqueio de músicas, de planos de treino e até de novos movimentos (ganchos, cruzados, etc) que complementarão sua rotina de exercícios. Ou seja, quanto mais você joga, maior será a variação e combinação de movimentos que você terá.

O tempo todo o jogo tenta nos dar prêmios pelo nosso esforço.

Os modos de jogo

Há alguns modos de jogo que detalharemos a seguir:

Treino de Movimentação Básica (Basic Training): é uma espécie de tutorial do jogo. O objetivo aqui é treinar os movimentos de forma isolada. O seu professor te mostrará cada movimento e a forma de executá-lo corretamente. Após, você poderá treiná-los em uma atividade dedicada a este fim.

Treino livre. Escolha o golpe que quer aprender e tenha uma rápida aula sobre como executá-lo.

Treino Livre (Free Training): é a modalidade mais personalizável do jogo. Você mesmo monta seu plano de exercícios da maneira e com a intensidades que quiser. Importante dizer que muitos planos estão inicialmente bloqueados, sendo liberados, conforme dito anteriormente, com a realização dos treinos diários ou dos treinos de movimentação básica.

Treino Livre: monte do seu jeito.

Exercícios Diários (Daily Workout): neste modo, o jogador define o objetivo do treinamento (movimentar-se, condicionamento ou manutenção);  quais áreas do corpo deseja dar prioridade (panturrilhas, pernas, abdômen, etc); se terá alongamentos durante a sessão; e a intensidade do treino (leve, moderado ou intenso). Com tudo definido, o seu instrutor montará o plano e você poderá começar a se exercitar.

Um treino para você

Um jogo que se adapta a você

Ao todo, temos disponíveis nove instrutores, sendo que dois deles estão disponíveis por DLC gratuito. A diferença aqui é meramente estética e vai do seu gosto.

Várias opções para escolha.

Contudo, os dois professores disponíveis no DLC incorporam uma nova dificuldade aos treinos, o que pode ser interessante para o jogador sair da zona de conforto. Isso pelo fato de, normalmente, as dificuldades de cada atividade unitária de um plano de treino diário serem leve e alta, mas com esses dois novos “carrascos” as sessões podem atingir o grau “sem piedade”, que exigirá do jogador mais socos em menos tempo.

Uma das opções do DLC. Com ela é possível realizar os treinos “sem piedade”

Além disso, cada professor pode ter sua aparência customizada da forma como desejar, sendo possível trocar seus acessórios e cores de cabelo, de pele e de olhos. Muitas dessas customizações são possíveis utilizando os tickets adquiridos com as conquistas desbloqueadas.

Outro ponto a se destacar são as customizações de movimentos. Tem dificuldade ou limitação em algum exercício específico? Há um menu para ativação e desativação de quaisquer movimentos do jogo, o que é bastante interessante.

Multiplayer

É possível iniciar um exercício em duas pessoas, sendo permitido a cada jogador jogar com um par de JoyCon distinto ou com um único JoyCon. No multiplayer, a tela muda um pouco exibindo quatro “esteiras” em que as duas primeiras são do primeiro jogador e as duas seguintes são do player 2. No caso de cada jogador ter seu par de JoyCon, os movimentos serão iguais para ambos os jogadores e cada um terá que executar os movimentos com ambas as mãos.

Já na situação de cada jogador jogar com um único JoyCon, é perguntado com qual mão ele jogará (direita ou esquerda). A partir dessa definição, a tela exibida é semelhante à descrita no parágrafo anterior, mas os movimentos que deveriam ser executados pela mão não escolhida são executados automaticamente pelo jogo.

A Imprecisão dos Golpes

Infelizmente, o jogo não avalia os golpes corretamente, capturando apenas um movimento de explosão (velocidade do braço com uma parada repentina) e não o movimento executado. Em outras palavras: o jogo não procura identificar se você está fazendo o movimento correto de um gancho, qualquer soco que você der ele irá aceitar como correto. Exemplo: se na tela é exigido que você desfira um gancho, mas você executar um jab, o jogo aceitará.

Um gancho de direita, mas que pode ser executado como um direto, basta ter um movimento de explosão.

Além disso, em alguns momentos, alguns movimentos não são detectados (principalmente os ganchos), ou seja, você executa o golpe mas o jogo não o detecta, considerando como se você não tivesse feito e não te dando a pontuação correspondente.

Por fim, em alguns momentos o jogo apresenta umas quedas de framerate e esse problema de não detecção fica um pouco pior (ocasionando perda de vários golpes). Apesar de não serem tão frequentes, os problemas descritos neste parágrafo e no anterior podem gerar um efeito de frustração.

Gráficos e Músicas

Com relação aos gráficos, são simples mas eficazes. Infelizmente os cenários disponíveis para os exercícios são genéricos e mais poluem a tela do que trazem algum benefício.

O cenário é bem genérico.

Com relação à trilha sonora, o jogo conta com várias músicas de cantores e bandas conhecidas. Infelizmente os golpes não seguem o ritmo da música, o que é uma pena. A trilha, então, acaba sendo mais uma melodia de fundo do que algo que compõe o gameplay propriamente dito.

Veredito

Fitness Boxing 2: Rhythm & Exercise é uma ótima alternativa ao caríssimo Ring Fit Adventures e pode ser de grande auxílio para aqueles que querem se exercitar sem sair de casa, principalmente em tempos de pandemia.

O sistema de recompensas e de conquistas me fez querer voltar todos os dias para realizar os treinos, o que é bastante benéfico para a saúde. Além disso, sua alta customização favorece a inclusão de pessoas com diversas realidades, o que é um ponto extremamente positivo.

É um jogo que me surpreendeu bastante e que me fez suar muito para escrever essa análise. Porém, como dito anteriormente, há alguns problemas na detecção dos golpes, mas se você tiver a ideia na cabeça de que o importante é o exercício praticado e não a pontuação perfeita, acredito que ficará satisfeito com os resultados.

Porém, se você quiser testá-lo antes de decidir pela compra, há uma demo disponível na eShop. Na demonstração você poderá jogar três treinos diários e até 10 treinos livres.

E você? Já jogou? Interessou? Deixe suas opiniões nos comentários!


Trailer do Jogo


*Esta análise foi escrita utilizando um código fornecido pela Nintendo.