Desenvolvido pela Game Freak e publicado pela Nintendo em março de 2020 Pokémon Mystery Dungeon Rescue Team DX é uma releitura dos jogos de mesmo nome lançado originalmente para Nintendo DS. Eu como grande fã da franquia principal fiquei animado quando vi o trailer de lançamento, principalmente porque a direção de arte parecia incrível.

Minha primeira e única experiência com a série Mystery foi no título de 3DS e eu realmente simpatizei com o jogo. Com uma proposta totalmente diferente da franquia principal eu adorava passar horas me aventurando por cavernas batalhando contra outros monstrinhos da franquia no 3DS.

O lançamento de um “novo” título para o Switch seria ótimo para suprir minha necessidade de Pokémon enquanto espero os já anunciados DLCs para Sword & Shield, além de ser uma boa oportunidade de dar uma oxigenada na franquia.

Então sem enrolação junte-se a minha equipe de resgate em busca dos monstrinhos mais amados do planeta.


Ficha Técnica

Título: Pokémon Mystery Dungeon Rescue Team DX

Plataforma: Nintendo Switch

Tamanho: 2.1 GB

Desenvolvedora / Publicadora: Game Freak / Nintendo

Jogadores: 1

Em Português: Não

Gênero: RPG / Dungeon Crawler / Rogue Like

Save na Nuvem: Sim

Classificação: Livre

Preço no Lançamento (Loja Americana): US$ 59.99

Preço de Lançamento (Loja Brasileira): R$ 250,79


O Conceito de Mystery Dungeon

Imagine em um belo dia acordoar e descobrir que você não é mais um ser humano e sim um adorável Pokémon. Essa é basicamente a premissa de todos os jogos da série Mystery.

Diferente dos jogos da franquia principal onde o jogador controla um treinador, na série Mystery controlamos um humano que por algum motivo desconhecido se transformou em um Pokémon. E toda a estória se baseia em descobrir o porquê isso aconteceu e como fazer para voltar ao seu estado normal.

Ao iniciar uma nova campanha em Pokémon Mystery Dungeon Rescue Team DX o jogador é submetido a uma pequena entrevista e de acordo com as respostas informada o jogo define por qual Pokémon você será representado. São 16 no total (Bulbasauro, Squirtle, Charmander, Cyndaquil, Totodile, Chikorita, Treecko, Torchic, Mudkip, Pikachu, Eevee, Machop, Cubone, Psyduck, Meowth, and Skitty) e caso você não goste da escolha automática pode tentar novamente até conseguir um Pokémon que lhe agrade.

Eu fui presenteado com um Bulbassauro e escolhi uma Eevee para ser minha companheira. Foi com esses dois no time que completei toda a jornada.

Os Iniciais

Além do personagem que você controla o jogo permite que você escolha também um Pokémon que será seu parceiro durante toda a aventura e todo o enredo se desenvolve quando os dois Pokémon decidem formar um time de resgate para buscar monstrinhos perdidos ou presos nas diversas Dungeons do jogo.

Por algum motivo ainda desconhecido o mundo está sofrendo com alguns ataques naturais como terremotos e mudanças climáticas, o que está deixando alguns Pokémon selvagens agitados e agressivos e de alguma maneira bizarra esses eventos parecem estar diretamente ligados à sua transformação.

O conceito é bastante simples: Entre em uma Dungeon (Gerada de maneira procedural a cada entrada), batalhe contra Pokémon selvagens, suba de nível, resgate monstrinhos pelo caminho e encontre a escada para o próximo andar até conseguir vencer todos os níveis e sair da masmorra.

Jogabilidade

Mais de 90% de Pokémon Mystery Dungeon Rescue Team DX se passa dentro das masmorras e é aqui que toda a ação acontece. São diversos cenários como: Montanhas, Vulcões, Geleiras etc. Algumas menores com 3 ou 4 andares e outras gigantes com mais de 20 andares para serem explorados.

Dentro das torres as movimentações acontecem em blocos pré-definidos como nos jogos táticos, mas a movimentação é muito mais rápida. No começo parece um pouco travado, mas é questão de costume e em poucos minutos você já está se movendo bem pelo cenário.

Um fator importante é que a cada movimento que executamos gastamos um pouco de energia que é medida por uma barra chamada Belly (barriga), que é basicamente o medidor de fome do nosso Pokémon. Quanto mais nos movemos mais o medidor baixa e caso fique zerado começamos a receber dano a cada movimento. Para repor, precisamos comer maçãs que podem ser encontradas pelo cenário ou compradas nas lojas como veremos mais à frente.

Por Dentro das Dungeons

Uma vantagem é que apenas o Pokémon que está liderando a Party gasta recurso de Belly, e esse Pokémon pode ser trocado a qualquer momento. Então são barras de vidas e Belly independentes, o que aumenta nossas possibilidades de exploração antes de ficarmos famintos, uma vez que temos pelo menos 3 Pokémon disponíveis no time.

Um pequeno mapa no canto da tela vai se revelando conforme avançamos pelas salas e corredores. Nele é possível ver a sua localização, inimigos, itens e as escadas para avançar ao próximo andar.

Não temos encontros aleatórios aqui. Todos os Pokémon adversários podem ser vistos pelo mapa e o combate acontece quando eles se encontram. Existem duas formas de atacar: pressionando o Botão A a inteligência artificial escolhe um dos 4 golpes conhecidos pelo Pokémon e o executa de maneira aleatória. Ou o jogador pode escolher qual ataque utilizar segurando um dos botões de ombros do console o que possibilita que a melhor estratégia seja adotada com base nas fortalezas e fraquezas dos Pokémon adversários.

Conforme batalhamos e ganhamos experiências os Pokémon vão subindo de nível, mas não evoluem para outras formas, o que é um ponto negativo. Ficam apenas mais fortes, aumentam os status e podem aprender novos golpes, sendo no máximo 4 simultaneamente como na franquia principal.

Para explorar as Dungeons o jogador tem total controle e é livre para seguir pelo caminho que achar melhor, contudo existe a possibilidade de exploração automática. Pressionando o botão L o Pokémon faz a movimentação de maneira totalmente autônoma abrindo o mapa e devolvendo o controle para o jogador apenas nos momentos de combate. Confesso que eu quase não utilizei essa função porque no meu entendimento tira toda a graça do jogo.

O Mapa Impressional Pelo Tamanho

A quantidade de Dungeons vai aumentando conforme progredimos na estória. O importante aqui é ressaltar que qualquer uma pode ser revisitada para cumprir missões secundárias, juntar recursos e subir o nível de nossos Pokémon.

E por último, mas não menos importante é a opção de recrutar Pokémon para sua Party. Obviamente em Pokémon Mystery Dungeon não temos as tradicionais capturas com Pokébolas, o que acontece aqui é uma chance de um Pokémon resgatado ou mesmo derrotado se juntar ao seu time durante a exploração da Dungeon. Podemos ter até 6 Pokémon avançando juntos dentro de uma Dungeon, entretanto ao finalizar a exploração você precisa necessariamente ter um acampamento criado para que ele permaneça com você junto ao time de resgate e possa ser recrutado novamente. Do contrário ele abandona o grupo deixando uma recompensa em moedas.

A Cidade Pokémon

Chamada de Pokémon Square, a cidade funciona em Mystery Dungeon como um Hub e é de extrema importância para que estejamos bem equipados antes de enfrentar as missões, uma vez que falhar dentro de uma dungeon nos faz perder todos os itens e moedas que estamos carregando.

A porta de entrada é a base oficial do time de resgate onde diariamente recebemos cartas com missões secundárias, informações sobre a estória e até mesmo itens.

Temos uma loja onde é possível gastar as Pokécoins coletadas nas masmorras e missões. As lojas vendem as famosas TM’s com novos golpes e itens variados para recuperar Status, Belly e HP, sementes de Revive ou mesmo itens para auxiliar nas batalhas. Todos eles muito parecidos com os itens que temos na franquia principal. A única diferença aqui é a possibilidade de comprar e equipar os Pokémon com um lenço que aumenta determinado status ou causa um efeito especial de acordo com o tipo. Vale ressaltar que os itens da loja são limitados e renovados a cada nova missão. Então fazer um bom estoque é fundamental. Algumas lojas menores também estão disponíveis em algumas Dungeons maiores, mas aparecem de maneira aleatória e nem sempre possuem o item que você está precisando.

A Nossa Base

Temos também um banco e um serviço de armazenamento onde é possível guardar os itens e dinheiro sobressalentes para evitar que sejam perdidos em caso de falha na Dungeon, o que torna a gestão de inventário uma parte fundamental na jornada, uma vez que o espaço na bolsa também é limitado. Dimensionar bem os itens e o dinheiro que vamos levar é sempre um desafio. Em masmorras maiores com muitos andares e em momentos específicos podemos ter acesso ao serviço de armazenamento de itens através de uma estátua do Kangaskhan.

Ao avançar um pouco no modo estória também fica disponível na Pokémon Square um serviço para criar os Camps. Normalmente custam uma boa quantidade de moedas e funcionam como verdadeiros alojamentos para os Pokémon que serão recrutados na jornada. Os Camps são separados por tipo e cada tipo pode hospedar apenas os Pokémon que correspondem àquele ambiente. Por exemplo: Você precisa de um Camp de água para poder hospedar Pokémon aquáticos. A dica é construa o máximo de Camps que puder e assim poderá aumentar suas possibilidades de recrutamento de monstrinhos. Lembrando que os Camps possuem limite de armazenamento e são aumentados realizando missões secundárias.

Temos também disponível um centro de treinamento que recebe o nome de Dojo e é gerenciado por uma simpática Makuhita. Aqui é possível gastar os Dojo Tickets recebidos durante as missões e treinar os Pokémon em pequenas arenas enfrentando inimigos em um determinado período de tempo de acordo com o ticket que estamos usando (Gold, Silver ou Bronze). Aqui ganhamos muito mais XP do que as Dungeons normais e nossos Pokémon podem ser revividos quantas vezes for necessária nesse período de tempo. É realmente um Bônus para ajudar o jogador a subir de nível. No Dojo também temos algumas poucas missões que não necessitam de tickets e funcionam como um tutorial que recompensa o jogador com itens caso conclua o desafio.

Pokémon Square

E finalmente temos a nossa agência de correios Peliper. Aqui é possível ver as informações antigas, missões aceitas e o mais importante consultar um quadro com diversas missões secundárias. Essas missões secundárias quando completadas aumentam o nosso Rescue Rank e quanto maior esse Rank mais benefícios acumulamos: mais espaço na bolsa, mais espaço para salvar equipes predefinidas, mais missões secundárias ao mesmo tempo e maior o número de Pokémon que nossos Camps podem alojar. Normalmente essas missões secundárias são fáceis de completar e é possível executar várias delas dentro da mesma Dungeon o que acaba economizando um bom tempo.


Gráficos e Sons

A Direção de arte de Pokémon Mystery Dungeon Rescue Team DX é fantástica. O jogo todo lembra uma pintura feita em aquarela sobre tela. Os modelos são bem detalhadas e os monstrinhos conseguem transmitir todas as emoções com lindas expressões faciais.

As Cutscenes são bem animadas e divertem o jogador, apesar de serem raras durante o jogo. Contudo as pequenas animações que precedem as batalhas contra os chefes, que são na maioria das vezes Pokémon lendários, são de cair o queixo.

Os cenários das Dungeons, por incrível que pareça, foram os que menos receberam atenção. Não são feios, mas não apresentam nada diferente. As vezes ficamos cansados de ver o mesmíssimo tipo de terreno ou ambientação por 20 andares de uma mesma masmorra.

A trilha sonora é muito bem composta e soa muito agradável aos ouvidos. As músicas possuem um tom infantil – como não poderia deixar de ser – e acabam grudando na cabeça.

O ponto negativo aqui é que não temos nenhuma dublagem como já é padrão em qualquer jogo de qualquer série de Pokémon, e infelizmente também não temos as legendas em português como já esperado.

Seleção de Equipes

Veredicto

Para mim, este é o melhor Spinoff de Pokémon. Mystery Dungeon Rescue Team DX é bonito, diverte e tem uma jogabilidade profunda com uma boa dose de desafio.

Para quem é fã da franquia vai encontrar tudo do universo: Pokémon poderosos, progressão por nível, itens conhecidos, habilidades, Pokémon Shiny, efeitos e o fator coleção.

Mystery Dungeon é um jogo ideal para ter sempre à mão com o seu Nintendo Switch. Com uma jogabilidade simples e rápida é possível passar boas horas se divertindo sem ver o tempo passar.

Sendo acessível para todas as idades, eçe consegue divertir sem muito compromisso os jogadores casuais e oferecem aos jogadores hardcore um leque de infinitas possibilidades por conta das diversas equipes que podem ser formadas, além das técnicas avançadas de estratégia que podem ser empregadas nos níveis mais altos.

Em poucas horas jogando o Rescue Team DX se tornou o meu Mystery Dungeon favorito. Quanto mais eu jogava, mais eu queria saber como a estória se desenrolaria. Quando me dei conta já tinha mais de 20 horas jogadas, o jogo ainda mostrava que tinha muito mais a me oferecer.

O único ponto que me incomodou um pouco é que a vida dos inimigos não é exibida nem nas batalhas normais e nem nas tensas batalhas contra os chefes. Isso atrapalha muito para definir uma estratégia coerente, mas sinceramente é um detalhe tão pequeno perto a grandiosidade do jogo que até consegui relevar.

Se você gosta de Pokémon e não conhece a série Mystery Dungeon, Rescue Team DX é uma ótima porta de entrada. Agora se você é já tem experiência na série, você não vai se surpreender, mas aposto que vai passar muitas horas se divertindo.


Trailer do Jogo


* Esta análise foi feita com uma cópia fornecida pela Nintendo