A Nintendo é uma empresa familiar e centenária! Ela começou com baralhos, salvou a indústria dos games depois do crash de 1983 e hoje há quem a ame, há quem a odeie e há quem têm muita nostalgia só de ouvir falar o nome dela. Isso tudo todos nós já estamos cansados de saber! Sabemos também que hoje em dia a Nintendo é tida como uma empresa cujos produtos são voltados para crianças e famílias, e não para adultos.  Talvez o que alguns de vocês não saibam é que a Nintendo investiu alguns anos de sua existência no “entretenimento” adulto.

Vou avisando que esse post não é dedicado às crianças. Por isso, se você é uma criança, feche o post!

Se você está lendo esse parágrafo significa que você tem maturidade suficiente para ler esse post ou é um menor transgressor das leis da vida. Mas vamos continuar, pois nada que eu disser aqui vai adiantar, não é?

nintendo_former_headquarter_plate_kyoto

Um dos primeiros pontos que vou destacar é a empreitada da empresa no ramo de cartas. Não estou falando de cartas comuns não! A Big N foi um pouco safadinha e investiu em cartas com ilustrações de mulheres nuas. Essas cartas eram vendidas mundo afora para um público mais “hardcore”, se é que você me entende. Essas cartas foram fabricadas até os anos 70, pois a partir daí a Nintendo se estabeleceu como uma empresa do ramo de brinquedos, totalmente focada em produtos para as famílias e para as crianças, logo um produto assim foi descartado tão logo quanto possível. Se existisse até hoje, eu imagino o sucesso que faria, em uma oficina mecânica, uma partidinha de truco na hora do almoço.

nintendopinup
Conjunto de cartas! Muitas, com o uso, ficavam grudadas umas às outras!
Outro ponto engraçado da história é que ela teve um motel. Você deve estar se perguntando “o que? Um Motel?”. A resposta é sim, ela teve um motel. Acontece que os motéis (no Japão são chamados de love hotels – hotéis do amor) foram muito populares nos anos 60 e 70. Corrigindo: são populares até hoje! Como muitos dos investimentos da família que é dona da Nintendo (investimentos que incluem até empresas de taxi), esse foi um fracasso. O nome e localização do hotel foram, infelizmente, esquecidos com o passar do tempo. Esse esquecimento deixou perguntas importantes sem respostas, como por exemplo: Será que as suítes tops contavam com cadeiras com sensor de movimento e joysticks vibratórios? Haha. O fato é que, se essa ideia tivesse dado certo, talvez hoje a Sony teria a copiado e quem sabe, enfim, o PS Move teria alguma utilidade. Se bem que até o Kinect, nesse caso, também poderia vingar, quem sabe?

Uma pergunta se faz pertinente: será que era ali que o Mario era um encanador do motel que se escondia atrás do armário esperando a sua vítima aparecer? Será que foi por isso que o motel fechou? Será que fechou por causa de escândalos envolvendo esse imigrante italiano que, na verdade, era um tarado? Isso permanece um mistério!

miyg6oi
Mario tarado, tire o olho daí!
Brincadeiras de duplo sentido à parte, conhecendo esses pontos da história é até engraçado pensar que hoje em dia ela é uma empresa considerada familiar e que corre da simples menção à palavra “sexo”, não é? Fora as censuras à sangue em jogos lançados para seu console e em seus jogos. Será que podemos dizer que a Nintendo é a rainha dos baixinhos nipônica? Aquela que começou com entretenimento adulto e depois migrou para entretenimento familiar?

Espero que tenham gostado, se divertido e que deixem comentários nesse post!