Breath of the WildDestaquesGeralWiiU

2011 a 2016: A Evolução de Breath of the Wild

O ano era 2011. A Nintendo estava à todo vapor na produção de seu novo console, o Wii U. Rumores surgiam e eram desmentidos! Jogos eram anunciados como certos e, logo depois, eram declarados boatos! Um desses anúncios chamou muita atenção à época, e é claro que falamos de um jogo da franquia Zelda.

Antes de continuar esse artigo, peço que vocês assistam ao vídeo exibido na E3 2011 com a techdemo de um novo jogo do Zelda, ao que tudo indicava, para o Wii U.

Hoje em dia esse vídeo ainda é de cair o queixo! É tudo tão grandioso, detalhado e bonito. Nesse Zelda temos uma direção de arte muito próxima ao Twilight Princess, o que levou especialistas a acreditarem que seria uma sequência direta do jogo de Gamecube. Esse vídeo foi o que chamou a minha atenção para o Wii U e que me fez desejar esse console, antes mesmo de ele ser lançado!

No entanto, o tempo nos mostrou que isso não ocorreu! A direção de arte mudou para algo muito mais próximo do que vimos em Skyward Sword. Em 2014 tivemos um novo anúncio e a Nintendo fez todo mundo, de novo, ficar desorientado com tamanha beleza! A diferença era tão grande que ficamos sem saber o que estava acontecendo! Veja o vídeo abaixo:

Tínhamos agora um ano de lançamento: 2015. Sabemos que isso não ocorreu e que o jogo só seria realmente confirmado na E3 de dois anos após. Porém, no dia da E3 de 2014, muita gente questionou o fato de ter perdido a seriedade inicial. Algumas pessoas preferem o Zelda mais na linha do Twilight Princess (mais realista) do que na linha Skyward Sword! O fato é que ali a Nintendo anunciava que muita coisa havia mudado e o projeto não era mais o mesmo de 2011. Eles estavam fazendo algo grandioso!

Como fã incondicional de Shadow of the Colossus, fiquei muito empolgado quando vi link atirando um arco e flecha de sua Epona! Me lembrou na hora o jogo do Playstation 2, o qual cosidero o melhor jogo que já joguei em minha vida! Tudo parecia tão fluido e bonito, mas fiquei com os pés no chão, afinal era um trailer preparado para uma apresentação, não era alguém efetivamente jogando.

Eis que durante a E3 de 2016 eles anunciam o Breath of the Wild, um jogo que parece muito com os demais Zeldas, mas com novos elemenos que o tornam único dentre seus antecessores. Relembre o lançamento assistindo ao vídeo abaixo:

Graficamente muita coisa mudou também em relação a 2014, até pelo fato de estar mais próximo ao lançamento! O jogo apresentado está estonteante! Stealth, crafting, roupas, escaladas e outros elementos foram adicionados! Um mundo aberto foi anunciado! As diferenças entre os demais Zeldas são gigantescas e podem representar um upgrade muito bem vindo em algo que já é excelente por natureza.

O fato é que de 2011 até 2016 houve muitas mudanças no jogo, inclusive modificações de conceito! Nenhuma mudança foi ruim, porém acredito que um Zelda no estilo do que foi apresentado em 2011, juntamente com os elementos mostrados na E3 de 2016, traria um “peso” à série que eu gostaria de experimentar. Por outro lado, eu acho essa arte apresentada em 2016 muito bonita e creio que funcionará bem! Se eu pudesse escolher, seguiria a linha artística do anúncio de 2011. Porém, tenho uma certeza: será um jogo imperdível e que eu comprarei assim que for lançado!

E você? O que acha? Prefere um Zelda mais realista ou um Zelda no estilo apresentado na E3 desse ano? Gostou das modificações apresentadas? Como seria o jogo da franquia Zelda que você gostaria de ver?

Gostou? Então compartilhe!

Tovar

Nintendista desde os 8-bits, pulei somente a geração GameCube (que recuperei com o Wii). Jogo em qualquer plataforma. Um fã de The Legend of Zelda, Donkey Kong, Mario, Mega Man, e de outros grandes nomes da indústria.