“Em terras brasileiras quem economiza um dólar é rei”. É com essa adaptação de um ditado popular que começamos esse post no qual daremos uma valiosa dica para os proprietários do Nintendo Switch. Hoje falaremos do site SaveCoins que foi feito por um brasileiro, o Stephann Vasconcelos, figurinha carimbada nos grupos nintendistas.

Já havíamos dado essa dica em um POWdcast , quando o site ainda se chamava “Qual e-Shop”. A ideia do SaveCoins é bem simples: mostrar qual eShop é mais vantajosa financeiramente para se comprar um determinado jogo. Caso você seja um adepto das mídias digitais essa ferramenta será de grande ajuda, já que vivemos em um país em que o preço de mídias físicas custam o olho da cara (nunca a expressão “a vista” – crase retirada propositalmente – fez tanto sentido).

Para fins de esclarecimentos, perguntei ao Stephann como ele faz essas cotações. Segue a explicação:

Eu pego as cotações publicadas pelo European Central Bank. Essas cotações são utilizadas pra converter as moedas locais de cada país para o dólar americano. Do dólar americano eu converto para o Real utilizando um serviço de uma empresa brasileira de câmbio, de onde eu pego a cotação do dólar turismo da cidade de São Paulo. Depois disso, incluo os 6.38% de IOF no valor em Reais. Caso a conversão seja do Canadá, ainda adiciono os 5% do imposto GST [Goods and Services Tax – Imposto sobre Produtos e Serviços]. Essa conversão do dólar para Real é bem pessimista, para não ter surpresas negativas quando o usuário comprar. Por exemplo: se o usuário comprar com o cartão Nubank [uma das diversas operadoras de cartão de crédito], a compra fica alguns centavos a menos do que o preço mostrado pelo site, já em outras operadoras de cartão, a diferença pode ser até de alguns Reais. A atualização dos valores é feita três vezes ao dia automaticamente, mas há dias em que executo a atualização manualmente também, o que aumenta a quantidade de atualizações em um determinado dia.

Fizemos alguns testes da ferramenta e conseguimos bons descontos em grandes jogos. Por exemplo: Stardew Valley custa R$ 28,24 na eShop mexicana, enquanto que nos EUA o mesmo jogo custaria R$ 53,58. Outro exemplo: Sonic Mania custa em torno de R$43,50 na eShop russa, enquanto que nos EUA o mesmo jogo custaria R$ 71,45.

Porém não se estresse, não é preciso ter uma conta em cada país para ter os descontos elencados no site. Você pode simplesmente acessar o Nintendo Account (pelo seu celular, tablet ou PC) e alterar a região da sua conta. Observação: Não é possível realizar essa operação diretamente no console.

Entretanto, antes de sair comprando todos os seus jogos nas várias eShops do mundo, saiba que alguns itens dentro do jogo podem ser vinculados à região utilizada para a compra. Exemplificando: se você tem uma conta nos EUA (vinculada à região americana) e compra Splatoon 2 na eShop inglesa (vinculada à região europeia), as Splatfests serão com os temas definidos pela Nintendo Europeia e não pela Nintendo Americana. Isso interfere na sua interação com seus amigos, afinal você conseguirá jogar com eles somente os modos online normais, ou seja, vocês não poderão participar das mesmas Splatfests do Splatoon 2 caso seus jogos sejam de regiões distintas. Lembre-se: apesar de ser region-free, cada loja ainda é vinculada a uma região específica (Americana, Europeia, Japonesa ou Australiana), por isso considere esse aspecto e analise os benefícios e malefícios de comprar seu jogo em uma determinada eShop.

Sobre as futuras atualizações do sistema, o Stephann informou que:

Estão previstas: a implementação da lista de desejos para que você seja alertado quando um jogo entrar em promoção; vou adicionar mais de 100 moedas e dar a possibilidade de o usuário escolher a moeda que deseja converter (atualmente é possível apenas  converter dólar para real); exibição dos Amiibos compatíveis com um determinado jogo; preços de jogos físicos em lojas variadas, e algumas outras surpresas. O intuito é o site se tornar uma plataforma com muitas informações úteis e centralizadas para os donos de Nintendo Switch.

Se você gostar do site, achar útil e quiser contribuir com o projeto, é possível realizar doações para o desenvolvedor aplicar os recursos no crescimento da ferramenta. Apesar de ser possível realizar a doação, Stephann garante que:

As doações estão ajudando bastante nesse início, a manutenção do sistema está se pagando. Mas a intenção é remover isso do site e ele conseguir sustentar-se de outras formas. A adição de novas funcionalidades vai abrir um leque de modelos de negócio que vai me permitir expandir o SaveCoins. Atualmente ele é acessado de lugares que eu nem imaginava que ele alcançaria, como China, Coréia do Sul, Rússia e alguns países do leste europeu que nem sei falar o nome, e o foco vai ser expandir o alcance do site mesmo sem precisar de doações que foram importantes nesse primeiro momento.

É isso! Eu tenho usado bastante a ferramenta e espero que ela seja bastante útil para você montar sua biblioteca digital de jogos. Deixe sua opinião sobre o site e seu feedback para o Stephann nos comentários desse post.

Até a próxima!