BiografiasComemorativosDestaquesGeralNostalgiaVamos por partes

Sonic 25 anos (parte 1) – A Era de Ouro

Recentemente Sonic, nosso querido e amado ouriço-caixeiro azul, completou 25 anos e a SEGA anunciou o Sonic Mania, que promete homenagear os clássicos 2D com um game novo, mas inspirado nos antigos (#medo). Veja o trailer a seguir:

Como se não bastasse, a SEGA anunciou que lançará um jogo do Sonic para NX, XOne e PS4! Por isso, vamos dissertar, nesse post, sobre a era de ouro do ouriço-caixeiro azul na década de 90! Vamos lá?

Um início promissor

sonic-the-hedgehog

Sonic foi criado numa tentativa da SEGA de ter um outro mascote, já que o Alex Kidd andava com a credibilidade em baixa. Eram tempos difíceis já que a empresa agora teria que brigar por um espaço com outro mascote, o Mario.

Eu tento imaginar qual foi a cara dos executivos da Nintendo à época quando viram o primeiro jogo do Sonic. Afinal, agora eles finalmente tinham um concorrente à altura do seu jogo do Mario! Sonic The Hedgehog é um jogo fantástico ainda nos dias de hoje, com bastante dificuldade, com uma jogabilidade refinadíssima e com uma trilha sonora memorável.

Curiosidade: Sonic The Hedgehog se passa inteirinho em um único dia. Se você reparar as fases de Sonic, você verá a evolução do dia ao longo das fases.

O sucesso continuou

2logo

A Sega percebeu que Sonic conseguia imprimir muito, mas muito dinheiro. Era um mascote mais jovem, mais descolado! Era rápido, mas nem por isso a jogabilidade atrapalhava, enquanto Mario era algo mais cadenciado (o que não é desmerecer o querido encanador bigodudo). Em 1992 veio a bomba: Sonic 2 seria lançado e poderíamos jogar multiplayer ao mesmo tempo (com Sonic e com Tails). Aliás, conversando com algumas pessoas, elas não sabiam que o nome do Tails é, na verdade, Miles  Prower – uma brincadeirinha dos produtores com as palavras em inglês Miles per Hour (milhas por hora), dando a ideia de que ele também era veloz.

Curiosidade: Tanto Sonic 1 quanto Sonic 2 foram lançados para Master System e para Mega Drive. Algumas diferenças, no entanto, eram visíveis nos jogos (além da parte gráfica e musical, claro). Cito o exemplo de Sonic 2: até falei no POWdcast sobre cartuchos (ouça aqui) que ganhei o Sonic 2 para Master System, mas nessa versão não era possível jogar de 2 nem jogar com o Tails.

Mais uma vez, o jogo foi um sucesso e trouxe novidades interessantíssimas para a franquia (como você girar o sonic quando ainda estava no chão), além do multiplayer já mencionado acima e o Super Sonic. Dizem as más línguas que Sonic tem muitas coisas inspiradas na série Dragon Ball Z, as quais destacamos: (i) a transformação em Super Sonic que ele fica loiro e pode voar; (ii) as 7 esmeraldas do caos e as 7 esferas do dragão e (iii) as personalidades de Goku x Sonic, Vegeta x Shadow, Chi Chi x Amy Rose e Tails x Kuririn.

sonic_and_goku_cosplay_by_cosmicsix-d6a5133-744x1024

Curiosidade: O Sonic 2 foi lançado em uma terça-feira por uma campanha intitulada “Sonic 2sday” (trocadilho com a palavra tuesday que em inglês significa terça-feira). Este fato não é curioso por si só! O interessante é que isso mudou o mercado mundial de games e a grande maioria dos lançamentos de games passaram a ser feitos às terças-feiras! A Big N continua fazendo lançamento às sextas-feiras.

A trilogia dourada se fecha

s3-bginfo-summaryimg1full

Em 1993 a Sega trouxe o Sonic 3 apresentando um novo personagem: o Knuckles. Apesar de ser o jogo menos “popular” da trilogia inicial, ele trouxe itens de jogabilidades fantásticos como os escudos elementares (fogo, água e eletricidade). Cada escudo desse tem uma habilidade específica como, por exemplo, o da água permite o Sonic respirar enquanto está submerso. O jogo contava com músicas de Michael Jackson (que infelizmente não assinou a trilha por não ter ficado satisfeito com o resultado).

Aqui temos mais uma semelhança entre Sonic e a série Dragon Ball Z: a transformação em Hyper Sonic seria uma alusão à transformação em Super Saiyajin 2?

O sucesso de Sonic foi tão grande, mas tão grande, que até a Formula 1 teve um troféu baseado na franquia! E o nosso maior herói esportivo teve a possibilidade de levantar esse troféu:

sega_f1

 

Sonic 3D Blast

Ainda no Mega Drive, tivemos o Sonic 3D Blast. Primeira tentativa da Sega de trazer o jogo para um mundo 3D. O jogo não foi bem aceito pela crítica e pelos jogadores da época, porém há que se falar muitas pessoas são fãs desse jogo até hoje.

Esse, para muitos, foi o início da oscilação da franquia que teve muitos altos e baixos. Mas isso é assunto para a parte 2.

Tão rápido quanto Sonic, deixe seus comentários sobre o que pensa da série e suas memórias.

Até a próxima!

 

Gostou? Então compartilhe!

Tovar

Nintendista desde os 8-bits, pulei somente a geração GameCube (que recuperei com o Wii). Jogo em qualquer plataforma. Um fã de The Legend of Zelda, Donkey Kong, Mario, Mega Man, e de outros grandes nomes da indústria.