Quando pensamos em Nintendo, logo lembramos de Mario, Zelda e Pokemon; cujos personagens estão fortemente presentes no Super Smash Bros desde sua origem. Alguns vão se recordar  que Samus também esteve na formação original do jogo e continuou sendo um dos carros chefes dessa franquia ao longo dos anos, mas a série Metroid foi pouco a pouco sendo abandonada pela Nintendo em favor de suas outras franquias, ainda assim, Metroid é considerado uma das melhores franquias da Nintendo e merece mais atenção. Abaixo, você vai entender o porquê.

Um universo rico e uma história sombria:

Ouso dizer que Metroid tem a melhor história já criada pela Nintendo e que se difere em muito de seus outros títulos. Muitos dirão que essa glória é de Zelda, que não é apenas mais famoso e conhecido pelos fãs, como é usado como comparativo por alguns que dizem que Metroid é uma espécie de Zelda em ficção científica. Sim, os jogos possuem muitos elementos em comuns, em especial a exploração de mapas grandes e resolução de quebra cabeças, mas a semelhança para por ai. Os dois são jogos muito diferentes e cada um tem seu ponto forte.

Em Zelda, Link retorna a cada geração em uma de suas linhas dos tempos para combater Ganondorf e salvar a princesa Zelda, o que foi explicado recentemente em Skyward Sword, que revelou que tudo não passa de uma maldição de Demise, que foi derrotado pelo Link original. Em quase todos os jogos exploramos basicamente uma Hylure diferente e temos uma história diferente que gira em torno de um mesmo núcleo, o que não acontece em Metroid que possui apenas uma linha temporal e tem contado uma única história desde sua origem em 1986 onde em cada aventura Samus esta em um ou em vários planetas diferentes, resolvendo um problema diferente.

timeline

Por conta de sua história linear, Metroid é hoje o universo mais rico entre os jogos da Nintendo e diferente de seus irmãos, possui uma história muito mais madura e algumas vezes sombria, o que foi perfeitamente explorado na serie Prime, onde em muitos momentos, vários jogadores e inclusive eu, se sentiam tensos e algumas vezes até com medo de continuar a exploração. O mal e a corrupção sempre foram elementos que estavam presentes no jogo e não era raro encontrarmos locais escuros e sombrios, com uma musica mais pesada que te fazia questionar o que estaria te aguardando na próxima sala.

Uma protagonista forte e feminina:

Samus é uma das primeiras mulheres a protagonizar seu próprio jogo e isso surpreendeu a todos. Durante toda a aventura, você controlou um personagem que sofria do mesmo problema de silencio de Link; vestindo uma armadura amarela e laranja que possuía um canhão no braço que servia como arma, para apenas no fim de tudo descobrir que quem vestia aquela armadura era uma mulher!

Muitos a consideram um personagem fortemente sexualizada, com sua roupa cola azul, seu corpo volumoso e seus cabelos loiros, mas a verdade é que independente disso, Samus é uma mulher forte que consegue trilhar seu próprio caminho e já encontrou em conflitos que poucos conseguiriam sair. É impossível negar sua importância para o mundo dos vídeo games como um todo.

Samus 01

A personagem também tem a história pessoal mais completa entre os jogos da Nintendo. Você sabe que Mario é um encanador que vive no reino dos cogumelos e tem uma queda por uma princesa; sabe que Link é a reencarnação de um herói quase mudo que vive ressurgindo para enfrentar seu arqui-inimigo, mas o passado e a vida de Samus Aran foi registrado ao longo de seus jogos, indo desde seu nascimento a sua ascensão como um das maiores caçadoras de recompensas da galaxia e não pense que a história da vida da moça foi fácil! Pelo contrario, ela é regada a sofrimento e conflitos, algumas vezes pessoais.

Um jogo que foi pouco explorado.

Metroid é a sua maneira um dos carros chefes da Nintendo, porem o menos explorado de todos. Diferente de Mario, Zelda e muitas de suas outras franquias, ele não recebeu um titulo no Nintendo 64 e no atual Wii U. Até mesmo o 3DS carece de um verdadeiro jogo da serie, uma vez que o único jogo da franquia  que será lançado para ele, chamado de Federation Force, é na realidade um spinoff que não faz jus ao titulo Prime, pois deixa de lado a história madura e o tom mais sombrio, para trazer uma aventura colorida que não conta com a presença da protagonista. Talvez o Nx finalmente receba um titulo da serie que continue com o sucesso conquistado na serie.

Metroid-Federation-Force

A História de Metroid é também perfeita para um filme ou até mesmo uma série, mas infelizmente a Nintendo parece não ter cogitado essa hipótese. Felizmente um grupo de fãs resolveu testar a ideia e sozinhos fizeram um curta metragem que impressiona na fidelidade a serie e na qualidade. Você pode conferir o curta aqui:

Como grande fã da serie e da Samus, fico no aguardo de grandes noticias para o NX e espero que ocorra o mesmo que vimos no Game Cube, quando recebemos o primeiro jogo da bela trilogia Prime após um console não ter recebido nenhum jogo da franquia. Vale lembrar também que a Nintendo anunciou que iria expandir suas franquias para fora dos consoles e inclusive tinha planos para filmes e como o curta acima mostra, o jogo tem grande potencial para um sucesso cinematográfico.

Espero que tenham gostado da matéria e não deixem de curtir nossa pagina no facebook.